VEGANISMO E VEGETARIANISMO SÃO ATOS GENTIS PARA O MUNDO

Image for post
Image for post

Ser vegan ou vegetariano é ser resistente a uma luta a favor de um mundo mais sustentável. Minimizar o consumo de carne ou derivados de animais, pode sim, ser uma atitude gentil para a restauração do meio ambiente.

Optar pela causa vegana é ser aliado a causa contra a crueldade animal em abatedouros ou testes em laboratórios. Os animais são “sencientes” (sensações e sentimentos de forma consciente), por isso, a escolha vegetariana é uma escolha de não compactuar com a exploração, confinamento e abate destes animais.

Outra questão prerrogativa do movimento, diz respeito a proteger o meio ambiente ao que se refere seu bioma, para aberturas de pastos ou plantações de soja e resultar na degradação do solo.

Ainda, segundo o Ministério do Trabalho, a atividade comercial brasileira que mais emprega mão de obra escrava ou em condições análogas à escravidão é a pecuária. Quando você escolhe cereais, frutas, hortaliças, sementes e outros vegetais de produtores próximos à sua residência, você está colaborando diretamente para um comércio mais justo e evitando a proliferação do trabalho escravo.

Neste artigo publicado no Modefica, que explora a ciência da felicidade aliada ao papel da alimentação livre de crueldade, acessamos a pesquisa que se refere ao consumo de frutas e vegetais, no relato a autora afirma que essa dieta “é eficiente para melhorar o seu humor, aumentar a sua criatividade e incentivar a sua curiosidade. Vários estudos publicados pelo British Journal of Psychiatry e European Journal of Clinical Nutrition, só para citar alguns, têm demonstrado que indivíduos que escolhem uma dieta à base de plantas, rica em frutas, legumes e soja têm menos sintomas de depressão. Um estudo publicado no American Journal of Public Health mostrou que aumentar suas porções de frutas e vegetais de 0 a 8 todos os dias pode levar a um aumento na satisfação geral com a vida, igual ao nível que você obteria se, ao estar desempregado, você fosse aceito em um novo trabalho.”

“Ao comer carne partilhamos a responsabilidade da mudança climática, a destruição de nossas florestas e o envenenamento do nosso ar e água. O simples ato de se tornar um vegetariano vai fazer diferença na saúde do nosso planeta.”

Thích Nhát Hanh

Para estimular a consciência no consumo, projetos como o O EscolhaVeg, um programa operado pela ONG Mercy For Animals, tem como missão oferecer suporte gratuito a empresas, lanchonetes, refeitórios e supermercados na adesão à tendência vegana por meio da inclusão e promoção de opções 100% vegetais em seus cardápios e estabelecimentos, visando promover um sistema alimentar mais inclusivo, saudável e sustentável. O projeto auxilia o processo de transição de quem está interessado em minimizar o consumo de derivados de animais.

Outro movimento existente em mais de 40 países, como nos Estados Unidos e no Reino Unido (onde é encabeçada pelo ex-Beatle Paul McCartney) e apoiada por inúmeros líderes internacionais, a campanha foi lançada no Brasil em outubro de 2009 e hoje conta com o apoio de governos, personalidades e empresas, é a Campanha Segunda sem Carne, que se propõe a conscientizar as pessoas sobre os impactos que o uso de produtos de origem animal para alimentação tem sobre os animais, a sociedade, a saúde humana e o planeta, convidando-as a descobrir novos sabores ao substituir a proteína animal pela vegetal pelo menos uma vez por semana.

FIOS VEGAN MADE BY YOU

Quando nos propusemos a incluir produtos fabricados sem origem animal, como os fios #66, #65, #43, #35, #18, #26 e #48, até então, nos motivamos a compreender melhor processos mais justos e éticos na concepção de produtos, para assim nos aliarmos à uma luta a favor da humanidade e do meio ambiente. Tanto os processos de tingimento com de amaciamento tem certificação vegana, quer dizer, todos os produtos utilizados são de origem vegetal ou mineral.

Ao longo da produção dos fios para crochê e tricô existem etapas em que produtos químicos são utilizados para amaciar e tingir as fibras. Esses produtos químicos muitas vezes possuem em sua composição partículas animais, porém, para a produção dos fios veganos que fazem parte do mix de produtos da Made by You algumas substituições foram feitas nesses processos para garantir a característica vegana do produto.

Amaciamento:

O amaciante utilizado nos fios veganos possuem certificados emitidos pela Golden Technology Ltda e pela Sirius Especialidade Ltda, fornecedores dos produtos que são utilizados para amaciamento dos fios. Para o processo de amaciamento é utilizado um produto de microemulsão desenvolvido pela Golden Technology Ltda e outro fabricado pela Sirius Especialidade Ltda. Os certificados garantem que em sua composição, não contém nenhum ingrediente de origem animal. Também, durante o desenvolvimento do produto, nenhum teste toxicológico foi feito em animais.

Tingimento: Os corantes são minerais, dessa forma, podem ser apontados como matéria prima vegana.

Matéria-prima: Os fios identificados na descrição como “vegano” são compostos por fibras de algodão certificado ou no caso dos acrílicos, sintéticos, dessa forma em suas composições também não possuem nenhum ingrediente de origem animal.

Nossos esforços, ainda que atravessando desconstruções e relutando em desafios, são para atender nossa própria consciência coletiva, e oferecer alternativas para um novo cenário do fazer manual.

Image for post
Image for post

Uma forma de compreender melhor o movimento vegano ou vegetariano, é experimentar novas maneiras de preparar sua comida ou consumo. Por isso, criamos um ebook exclusivo com 3 receitas veganas para você se deliciar.

Clique AQUI e acesse nosso ebook.

por Luana Esther Geiss

Written by

Uma comunidade para conectar criativos artesãos, encorajar um novo olhar e para habilitar suas mãos num ritual intimista.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store